DRESS CODE - A informalidade no trabalho


A tendência de muitas empresas no Brasil é adotar uma roupa mais informal pelo menos uma vez por semana.
A mudança vem inspirando até mesmo as empresas mais tradicionais. Isso porque muitos jovens com lideranças veem assumindo posições diferenciadas nas corporações.
E ai, vem à pergunta: _  O que usar?... No já conhecido Casual Day.
Apesar da informalidade, cada empresa deve levar em conta os atributos que espera que os profissionais carreguem na imagem. Devemos nos vestir casualmente mais sempre de forma elegante.
Para muitos as duvidas a respeito  surgem sempre .

É mais fácil vestir-se com o gênero esporte fino, passeio completo, rigor e gala porque as regras são mais definidas. Ao quebrar a formalidade vem as duvidas. A informalidade gera dúvidas para muitos e ficam sem saber o que usar.



Dicas:
  • ·        Casual Day – nesse dia pode vestir-se mais informal
  • ·        Observe o tipo da empresa e a formalidade da mesma – caso você trabalhe sempre usando terno e gravata nesse dia poderá retirar a gravata usando uma calça alfaiataria com camisa. Evite roupa muito esporte como jeans e camiseta
  • ·        Nem em empresas mais descontraídas pode-se  permitir bermudas masculinas, vestidos tomara que caia, frente única, fendas, saias muito justas e muito curtas, sandália rasteirinha, shorts, camisetas de times de futebol, tênis ,camisetas manchadas e cores muito vibrantes.  Deixe isso para fins de semana.
  • ·        Se a empresa permite o uso de jeans opte pelo clássico sem rasgos, sem lavagens, sem tachas. Os escuros evitam erros.
  • ·        Mesmo na informalidade preste atenção com os cuidados pessoais (barba, cabelo, pele e unhas, não confunda informalidade com desleixo). Lembre-se que mesmo no casual day você está sendo observada , o informal não quer dizer que pode tudo ou tudo é permitido. Cabe a área de recursos humanos de cada empresa cumprir essa orientação para evitar constrangimentos. Vale colocar as regras por rescrito para evitar o famoso  “EU NÃO SABIA”
  • ·        Quando a empresa atende pessoas jurídicas e negociam com grandes outras empresas o setor requer credibilidade e isso passa  pela aparência. Nos  somos o que vestimos, a nossa imagem reflete pela roupa que estamos usando.
  • ·        Para muitas empresas brincos, piercings não são permitidos ¨tatuagens não importam desde que não estejam em locais visíveis¨
  • ·        Roupa correta para quem trabalha em empresa  formal:  Homens – terno e gravata, mulheres– blazer com saia ou calça e de preferencia cores neutras e sóbrias.

Por: Maria Inês Borges da Silveira
Consultora de Etiqueta Corporativa, Social e Internacional.