ETIQUETA CORPORATIVA – VIRTUAL




Algumas regras são importantes para o uso de celulares, notebooks, tabletes e etc...
As pesquisas apontam  que “UM EM CADA CINCO ADULTOS” admitem o mau comportamento no uso de seus dispositivos moveis,  73% das pessoas fazem do seu carro extensão de escritório e usam seus dispositivos moveis enquanto dirigem, também nos cinemas ou em encontros sociais,  65% falam alto em lugares públicos (elevadores, corredores e ruas), e 28% manejam o equipamento enquanto caminham.
O bom comportamento, as boas maneiras devem ser seguidas e observadas para um bom relacionamento na rede seja por e-mail ou em comunidades como orkut, facebook ou micro blogs, como twitter.
No mundo digital tudo muda constantemente e rapidamente e muitos não sabem usar esses meios com educação, etiqueta  e respeito. Atropelam informações e não mantem a cordialidade diminuindo as saudações e despedidas.
Outro comportamento inadequado são conversas nos celulares ou rádio com áudio- invadindo “o espaço público”.
Todo cuidado no uso dos dispositivos moveis  em banheiros públicos  e elevadores .
O uso já é proibido em bancos, aviões e postos de gasolina.
  • Dicas adequadas à etiqueta corporativa no uso de e-mails ou mensagens
  •  Nem todos gostam de assuntos polêmicos, piadas e correntes. Pense muito bem antes de enviar.
  •  Ao receber uma mensagem, responda assim que puder
  •  Preencha sempre o campo “assunto”, ele determina o interesse da leitura
  •  Evite arquivos anexos muitos não leem. Só envie quando solicitado
  •  Seja objetivo, claro e fixe no assunto principal
  •  Se no corpo da mensagem estiverem reproduzindo outras respostas daquela troca de mensagem apague o que for desnecessário
  •  Não interrompa a mensagem com outro assunto isso atrapalha na resposta
  •  Quando você esta distante do computador mude seu status para “ausente” assim a pessoa não fica esperando sua resposta
  •  Evite abusar dos dispositivos moveis atrapalhando sua vida familiar e social. É deselegante estar numa solenidade, numa festa, num casamento usando permanentemente o seu dispositivo móvel deixando de compartilhar com os amigos o momento.


CRIANÇAS NA REDE

  •  Existe tempo de estudar, tempo de brincar e até de escolher o que fazer.
  •  O adulto deve orientar e estabelecer limites para as crianças.
  •  Os pais precisam saber o que a criança faz no computador, no celular e vigiar o conteúdo e também com quem os filhos falam.
  •  Os pais devem ter as senhas de crianças menores explicando que monitorar sozinho um site é uma questão de responsabilidade e uma conquista que vem com a idade.
  •  As crianças têm de estabelecer o que é real, irreal ou virtual
  •  Apesar que no mundo cada vez mais tecnológico onde as novidades, as informações nos permitem estar em todos os lugares mais distantes do mundo de uma maneira rápida estimula a curiosidade não só para as crianças como para os adultos
  •  Os pais tem que lembrar que a educação e feita de exemplos, eles devem ser os primeiros a respeitarem e saberem usar seus dispositivos moveis evitando ao volante, nas refeições, nos cinemas, nos teatros e etc...
  •  É bom estipular um tempo para o uso do computador para estudo e para brincadeiras evitando que a criança permaneça por muito tempo em frente do aparelho

NETIQUETA - união das palavras “ net” rede em inglês e “etiqueta”, surgiu na década de 90 quando a internet comercial se popularizou no Brasil. 
Regras de conduta e orientação aos usuários para uma convivência saudável e eficiente no mundo virtual Dicas:
  •  Envie só o que interessa e que você precisa saber, jamais comente alguma coisa que o comprometa
  •  Adote o comportamento como se estivesse pessoalmente com a pessoa
  •  Respeite o tempo e a conexão dos outros e indelicado enviar textos para pessoas que não precisam daquela informação
  • Você é julgado pela qualidade do que escreve, escrever de modo compreensivo, claro e com gramática e ortografia correta. Passe uma boa imagem – online
  •  Respeite a privacidade dos outros
  •  Perdoe erros e seja gentil. Se achar que deve corrigir não o faça publicamente
  •  Não entre em discussões inflamadas muitas vezes provocam reações hostis
  Por Maria Inês Borges da Silveira, Consultora de Etiqueta Corporativa Internacional e Marketing Pessoal

O AGASALHO CHARMOSO QUE VAI POR CIMA DE TUDO


O casaco não tem apenas a função de nos aquecer no inverno.

Nesta estação a peça fashion e apreciada pelos famosos que não abrem mão nem no tapete vermelho... pode ser de diferentes comprimentos, cores, estampas e modelagens. Estilo clássico, moderno com vários tipos de abotoamentos, padrões e tecidos como: lá, couro, algodão, gabardine, veludo e etc...

Os clássicos casacos da Rainha Elizabeth II

Podem ser confeccionados com cores vivas, estampas e mixs de tecidos.
Além de aquecer o corpo ainda acrescentam estilo ao visual.

A Duquesa de Cambridge, Kate Middleton é famosa por usar o “casaco vestido”, que mesmo tendo outra peça por baixo não a deixa aparente. Usado como “redingote”, combinando com meia calça e escarpins.

Os casacos podem ser estampados, uma versão mais moderna e ousada.



Em dias frios vale usar o casaco nas costas como uma capa. O trench coat pode ser usado sobre uma calça jeans e camisetas básicas. As botas podem arrematar a produção, um item “Statement” 

Os homens acertam em cheio na tendência usando o casaco de corte reto com modelagem larga, curtos ou longos, com abotoamento simples ou duplo, uma peça que agasalha e é charmosa.

Hugh Jackman 

 Richard Gere

Por Maria Inês Borges da Silveira - Consultora de Etiqueta Corporativa e Social


A Praticidade dos Ponchos

Não é um acessório e nem tendência da moda atual, é uma peça usada por muito tempo principalmente nos climas frios e sempre como agasalhos.

Por ser pratico e confortável, vem diversificando nos estilos e modelos, ora sofisticados, ora simples ou modernizados. 
O importante é observar que usado com calças justas ou saias retas e modelo simples é perfeito para o dia-dia. No sul do Brasil é usado por homens e mulheres durante o inverno. É uma peça de sobreposição que muito agasalha. 

Sofisticados, servem de agasalhos ate em festas e solenidades, principalmente para as mulheres, quando de caxemira ou lã, contornados por peles nobres como Vison, Lontra ou Marta. 

Por ser volumoso e marcante, tome cuidado para não pesar seu visual. Usados com roupas retas ficam chiques. Grandes nomes da alta costura investem no poncho e muitas figuras importantes nacionais e internacionais usam sem medo de errar. 
Seguindo estas dicas você sempre estará bem vestida em todas as ocasiões. Quer saber mais? encontrará dicas no meu livro "Viver com Elegância Não é Difícil", ou participando de um dos meus cursos de etiqueta.
Boa semana!

Por Maria Inês Borges da Silveira, consultora de Comportamento Profissional, Etiqueta Social e Internacional, Cerimonial Público e Privado e Marketing Pessoal


Botas, o clean chic



Usada nos princípios do século 20, caiu em desuso por um tempo, e mais tarde foi realçada por André Courreges – um importante design que revolucionou a moda nos anos 60 utilizando cores variadas e abotoamentos.

Muito prática especialmente no inverno, as botas de cano alto, médio ou curto estão sempre em tendência. Ter um black boot no guarda-roupa é essencial e, muitas vezes, equilibra a composição do look. Os modelos são variados com saltos de diferentes tamanhos e espessuras e solados de diferentes materiais.



O estilo chelsea já foi apreciado nos moldes dos anos 60 com elástico na lateral. No momento volta repaginado com novas cores e texturas.


Bota montaria e a chelsea estão muito cotadas e dá para ter as duas em uma só. Ao tirar o cano encaixado de montaria, torna-se um modelo chelsea ficando mais despojada. As duas podem ser usadas com produções casuais e gênero esporte, com shorts, vestidos simples, skinnies, etc.


As botas de cano alto são elegantes, ficam bem com peças de couro, saias rodadas, calças cropped. As western girl, botas com detalhes fortes, como fivelas, tachas e franjas devem ser usadas atentando-se para a produção total do look, pois a combinação pede moderação e tons sóbrios no vestuário.

Lembre-se que a moda muda conforme as tendências. Portanto, as botas podem apresentar surpresas no seu uso.

Algumas regras básicas:

1. Ao usar botas observe sempre o local do evento e o gênero da roupa: Esporte, Esporte Fino e Passeio.

2. Lembre-se que caem bem com roupas de inverno e meia estação: lãs, peles, casacos, capas, capas de chuva.

3. Quando usada à noite deve ser clássica sempre em eventos informais e casuais.

4. As botas são adequadas para eventos esportivos e casuais como rodeios, churrascos, festas no campo ou fazenda.


5. A bota branca não é aconselhável pois a cor dá volume e aumenta o tamanho da perna e pé. Muitos estilistas avaliam que seu uso é brega, apenas usado para espetáculos artísticos.

6. Não se usa botas em solenidades (formaturas, posses, casamentos), pois não são indicadas para o gênero Passeio Completo ou Rigor. Use o bom senso.

7. Cano longo achata a silhueta. Pessoas de baixa estatura devem evitá-la.


8. Acima do joelho apenas para os altos e magros, com pernas finas. 




9. Botas de cano médio exigem pernas finas que apresentem uma folga entre a perna e a bota. Pessoas de panturrilha grossa devem evitá-la. Procure o equilíbrio quanto menor a estatura mais curta a saia. Proibido misturar cano médio com saias mídi, a não ser que a pessoa seja do tipo físico longilíneo.


10. Pode apostar nos modelos tipo “coturno light”, são as mais versáteis para o dia a dia.

Seguindo estas dicas você não vai errar, saiba mais lendo o meu livro " Viver com Elegância Não é Difícil" ou fazendo um dos meus cursos de etiqueta.