A INFLUÊNCIA DA POSTURA DE UM CHEFE NO CRESCIMENTO DA EMPRESA


Muitas pessoas fazem carreiras brilhantes dentro do mercado de trabalho. Conquistam com excelente preparo e formação, competência e determinação cargos diferenciados. Outros chegam em cargos diferenciados ou como herdeiros, substituindo pais ou avós, uns com experiências e outros nem tanto. 

Por incrível que pareça, muitas pessoas que são excelentes como subordinados, quando conquistam uma posição de “chefe” ou cargos na diretoria não conseguem realizar e ter um bom desempenho. 


Alguns pela insegurança sentem medo de não realizar um trabalho à altura do esperado, outros o ego fala mais alto, se deixam levar pelo status tornando-se arrogantes, antipáticos e muitas vezes insuportáveis, o orgulho falando mais alto. 


Quase sempre pessoas assim não escutam ninguém, não mantém diálogos, são frias e não valorizam novas ideias. 


Antes de mudar posições de dentro de uma empresa, os empreendedores têm que lembrar de preparar o indivíduo, observar se a pessoa tem certa liderança, bom relacionamento, boa participação e desenvolva o engajamento do grupo.
Muitas vezes ele rende muito mais no cargo que esta ocupando do que quando e conduzido a uma diretoria ou chefia. 

Um mau chefe, pode estragar e complicar o rendimento da empresa trazer muitos problemas, deixar um clima organizacional pesado, funcionários descontentes e estressados e trazendo pouco desenvolvimento, poucas conquistas no ambiente de trabalho e diminuindo a produtividade. 


Um bom líder na chefia pode ajudar no crescimento da empresa lembrando que nem todo chefe é líder


“Líder” 
  • Solicita e ouve opiniões.
  • Enfatiza boas colocações que reforçam os objetivos pertinentes.
  • Valoriza a participação do grupo.
  • Sabe delegar funções para as pessoas certas e preparadas, colocando prazo para as realizações.
  • Desvia e ignora comentários que fujam do assunto, sabendo com bom senso conduzir a reunião.
  • Mantém sempre o controle do assunto evitando brincadeiras desnecessárias. 
  • Conclui a reunião dando um resumo com diretrizes definidas.
  • Jamais chama a atenção da pessoa, com educação e respeito questiona a ação ou o ato enfatizando que acredita e confia num melhor trabalho para um melhor resultado.
Estão ai as algumas dicas para escolha de pessoas para a chefia, para ser um bom chefe.

Por Maria Inês Borges da Silveira, consultora de Comportamento Profissional, Etiqueta Social e Internacional, Cerimonial Público e Privado e Marketing Pessoal