O CLÁSSICO TAILLEUR

 


Eternizado por Coco Chanel ele faz sucesso em todas as ocasiões, em todos os tecidos e para todos os tipos de mulheres. 





A palavra “Tailleur” em francês, de onde se origina quer dizer “Talhe”. O corte é a síntese dessa roupa com caimento perfeito. Chanel criou modelos de paletós coordenados com saia. Hoje em dia o tailleur pode ser usado com saia ou calça e é símbolo de feminilidade e elegância. 



Para quem trabalha em estatais, ambientes governamentais e judiciários é o traje certo e correto. 

Para cada tipo de corpo, um tipo de tailleur. 

  • Quadris largos: Pode usar paletó com abotoamento simples ou duplo, o paletó mais baixo é o mais indicado. Ombreiras discretas podem equilibrar os quadris. Use com saia reta e não volumosas. 
  • Mulheres acima do peso: Paletó com abotoamento simples, saias ou calças de corte reto ou ligeiramente afuniladas. Evite lapelas largas, bolsos grandes, saias ou calças com pregas ou muitos justas.  
  • Mulheres de bustos grandes: Paletó com abotoamento alto e simples. Ombreiras pequenas imperceptíveis, cintura reta sem marcar a pence. Saia reta ou evasê, calça reta ou com pregas. Evite lapelas largas e detalhes que destaquem o busto.  
  • Mulheres tipo mignon: Paletó com abotoamento simples ou transpassados, cumprimento nos quadris ou curtos. Saias e calças podem ser justas, retas ou afuniladas. Evite paletós abaixo dos quadris, barra italiana, saias muito curtas ou muito volumosas.  
  • Mulheres estilo longilíneo – alta e magra – pode usar qualquer tipo de paletós e saias.


CALÇADOS “CROCS”

 


Os crocs ganham status fashion em meio à pandemia. 

Eleitos em 2010 pela “Time” como uma das 50 piores Invenções da história, os sapatos da Crocs sempre renderam reprovações. 

O que ninguém esperava que após quase duas décadas de criação a marca representasse não só uma potente tendência como também se tornasse líder de vendas do setor. 

É o que apontam as pesquisas que classificam um dos modelos da marca como novo item da moda mais cobiçada de 2020. 

No primeiro trimestre a empresa faturou US$460 milhões (ou R$2,3 bilhões). 

O que chama a atenção é que a empresa não abandonou seu estilo e nem deixou de apostar em modelos bizarros. 

Recentemente, a imagem de um crocs verde sustentado pelo fino salto alto rendeu polemica nas redes sociais. O item é uma colaboração da marga com a grife espanhola Balenciaga e será lançado na temporada de verão 2022. 



Diz a consultora Juliana Lopes “Hoje você critica, amanhã você copia”. O “Cool” de hoje é o “Cringe” de amanha. 

Os sapatos da crocs são fabricados a partir de uma leve resina de célula fechada a “croslite”, o que traz seu aspecto espumoso e antiderrapante. 

Fundada nos Estados Unidos em 2002, a Crocs fez grande sucesso, depois quase foi à falência de 2008, recuperou o folego com uma reestruturação interna e, desde 2016 tem apostado em colaborações ousadas. 

Em meio ao tradicional glamour dos tapetes vermelho, o Oscar deste ano que exibiu uma alta costura casual trouxe o tão polemico Classic Clog da Crocs. Cromados em ouro os calçados do musico Questlove estilizados por Rebeca Pietri, foram audaciosos. 



Se o futuro da Crocs será humilhado ou exaltado é um mistério.  



Sapatos Masculinos... Do casual esporte ao passeio completo.


 Mocassim - Derby 

Saiba como usá-los em diferentes ocasiões. 

Foi-se o tempo em que só mulheres se preocupavam com os sapatos que faria parte de uma combinação, hoje os homens também estão atentos em não errar. 

Apesar de a moda ser democrática e permitir produções arriscadas sempre é bom ter algum cuidado principalmente dependendo do local, da hora e do evento que se vá. Existem muitos tipos de calçados masculinos. O tênis hoje em alta houve tempo que só deviam ser usados fora do trabalho, ou trabalho que permitiam o seu uso, é o caso dos publicitários. 

Existem alguns tipos de sapatos que nunca saíram da moda como: O Oxford modelo que surgiu na Universidade de Oxford na Inglaterra, de amarrar e com bico arredondado, é possível encontrá-lo em diversas versões. É mais formal e chique para quem usa com terno e gravata. Perfeitos para eventos noturnos. Eles podem ser usados no dia-a-dia com roupas  mais casuais. 

O Mocassim  é prático sem amarrações. Existem opções com ou sem pingentes para versões formais. Feito em camurça o calçado é clássico, versátil e deve ser usado sem meia ou meia invisível e combinam com jeans, bermudas, roupas  leves mais esportivas. No outono inverno pode ser usado com calças clássicas. 


Sapatênis é considerado um hibrido mistura entre tênis e sapato, combinando com estilo mais casual, jeans, camiseta, camisa e bermuda. Evite usar com roupa alfaiataria. 


 

Top Sider o sapato era hit dos anos 80 e está de volta em versões feitas em couro ou moletom. Foi criado em 1935 pelo velejador Paul Sperry  tem como inspiração o universo náutico. É parecido com o mocassim a diferença é que ele tem cadarço. 



Chukka Boot foi feito para os campos de polo hoje pode ser combinado com tudo. Confeccionado com couro encorpado tem meio cano e cadarço. Pode ser usado com jeans e ate mesmo alfaiataria. 



Boat Schoes  é uma versão abotinada do Top Sider  feito de solado branco e pode ser usado em barcos ou eventos casuais. 



Broguê traz furinhos porque foi desenvolvido para caçadores de patos na Escócia, quando caçavam o sapato enchia de água e as aberturas eram responsáveis pela drenagem. No momento ganha releituras que variam entre o clássico e o casual, feito de couro pode ser usado em ocasiões formais.  



Derby ele é o tradicional sapato social para se usar com terno e são encontrados também em versões casuais. 

Curiosidades: 

  • A principal dica é que os sapatos formais se adaptam também a todo o visual informal: Você vai trabalhar com Oxford ou Broguê e pode ir com ele a qualquer evento. 
  • Outra dica não use o mesmo sapato todos os dias, todo e qualquer sapato precisa descansar.  
  • Cores ideais, preto, marrom e caqui. 
  • Na combinação clássica a meia deve ser no mesmo tom do sapato. 
  • Mantenha limpos os sapatos sempre com cara de novo e guarde os calçados em lugares secos e arejados. 
  • Para limpar use um pano úmido com um pouco de vinagre. 

Luxo

 

Quadro de Tarsila do Amaral - Fotos de Lamborguini

A palavra “luxo” evoca toda espécie de confortos e prazeres, apesar de seu sentido estar um pouco enfraquecido, desde que vem sendo indiscriminadamente aplicada a tudo. 

Pode ser interpretada como significando supérfluo, caro, fino, extravagante, de qualquer maneira é uma palavra que acaricia tanto os ouvidos quanto a imaginação, e neste sentido é, portanto completamente subjetiva. Cada um tem sua própria ideia de luxo como cada um tem sua própria ideia de felicidade, desde alguém, de menor poder aquisitivo, aquecendo-se num cobertor, a um colecionador de arte deleitando-se na compra de um quadro de Picasso. Talvez a ideia de “luxo” venha basicamente da comparação entre o padrão de vida mínimo de um grupo e o de outro. 



O “luxo” muitas vezes esta na simplicidade de saborear a bolacha predileta, apreciar as flores e a natureza, ou simplesmente em época de pandemia tomar um café compartilhando com os amigos ou encontrar seus familiares com saúde.  



Nós nos acostumamos ao luxo ou pelo menos à nossa ideia de luxo, muito mais depressa que sua ausência. As grandes indústrias que dependem de nossos desejos de luxo, cultivam cuidadosamente esses desejos com anúncios destinado a convencer grupos cada vez maiores de consumidores que tem poder aquisitivo para possuir coisas de luxo. Como um bom carro, o melhor celular, roupas ou acessórios de grife, cremes ou cosméticos de marca. Em verdade sem anúncios e sem publicidades (marketing) a ideia de luxo perderia muito o seu encanto. 

Em relação à elegância, quanto maior o luxo mais discreto é, atinge-se o ponto máximo do luxo que é imperceptível para muitos exceto a própria pessoa.  


BOTAS- Hits do Inverno



BOTAS
Hits do Inverno


Nesse inverno conheça e aprenda a usar as botas de cano baixo, médio, alto e super longo que prometem virar Hits da temporada. 

Durante muitos anos, praticamente não se usou botas a não ser para pescar e andar a cavalo. Depois que Coco Chanel começou a usar botas no inverno para atravessar a rua de seu apartamento no Ritz Hotel em Paris até seu salão de costura na Rua Cambon, as botas entraram na moda. Agora mal acaba o verão elas aparecem em todas as vitrines de outono inverno. 

As botas aquecem os pés, podem ser de vários estilos, de amarrar, com zíper ou não. É um acessório versátil para os dias frios, circulam de dia e se o salto for mais alto também podem enfrentar a noite, lembrar que combinam com o traje esporte e esporte fino. 

São praticas para o uso na rua no inverno, com neve e muita chuva, mas não são elegantes numa sala aquecida. Pratica para acompanhar um conjunto esportivo ou viagem, mas nunca um traje mais formal habilee-passeio completo. 

No campo botas curtas são muito elegantes usadas com calças compridas e no outono, inverno o chão coberto de neve ou de folhas secas avermelhadas botas de borrachas são chiques e servem para um dia chuvoso também. 

Mas, não são muitas as pernas femininas que ficam bem de botas! Para que a bota fique bem é preciso que a perna seja longa e fina e bem torneada. Uma bota de salto alto é mais feminina do que uma bota de salto baixo. Qualquer bota tende a diminuir a silhueta quando usada com uma saia e casaquinho ou casacos três quartos, a não ser a bota bem alta que não deixe nenhum espaço entre a parte superior da bota e a bainha da saia. As botas ficam melhores com casacos sete oitavo. 


Lembrar que é muito prático para quem mora no campo ou sob um clima gelado, botas são em geral um acessório esportivo, usado por colegiais, trabalhadores rurais, montaria,  em rodeios, indispensável para quem trabalho em lugares que necessitam de segurança nos pés, normalmente as chamadas bico de ferro.   


Curiosidade:  
  • Cano médio – disfarçam pernas finas ou tornozelos grossos. Use-as com saias longas e calças compridas. 
  • Cano longo – Riding boot - pode achatar a silhueta e acentuar os contornos das baixinhas de pernas grossas. Pode ser usada com saia ou vestido de qualquer comprimento e com calças de boca larga. Para um look mais diferenciado pode optar por saias ou vestidos plissados. 
  • Cano baixo – a altura não passa do tornozelo, para quem tem pernas perfeitamente proporcionais pode ser usadas com calças compridas e saias. 
  • Acima do joelho – Overboot - podem parecer vulgar, como criar um ar de mulher superpoderosa. Para o resultado acabar elegante é fundamental quem usa essas botas tenha pernas finas e estilo descontraído, recomendadas para mulheres altas e magras, pode deixar um pouco da perna a mostra, muito usado com saias mais curtas 


ESTILO INVERNO - Boinas e Gorros...



Algumas pessoas usam um tipo de peça que marcam a sua imagem. Temos exemplos de personalidades conhecidas no mundo como “Che Guevara” e o artista Pablo Picasso que sempre em todas as aparições estavam usando uma boina.


A boina é um subtipo do boné, geralmente feito de lã, feltro ou fibras acrílicas, e sem aba, com a função de proteger.
Originária dos povos Celtas, a boina teve seu primeiro uso militar pelos Caçadores Alpinos da França, em 1889, em cor azul escura (século 17).


Na 1ª Guerra Mundial seu uso foi tímido. Mas, entre as duas guerras mundiais em 1936, a Guerra Civil Espanhola, iniciou sua popularização militar com os, “boinas vermelhas” que lutaram nos anos 40 ao lado da Alemanha nazista, no front oriental contra a União Soviética.
Alguns historiadores associam a origem das boinas militares aos escoceses e bascos. Para outros, o chapéu ajustável de tecido macio não é considerado boina.
No Brasil, na região sul durante o inverno a boina é usada por homens e mulheres.
No momento, a boina retorna às ruas com aval de grandes estilistas como Alessandro Michele, da Gucci e Maria Grazia Chiure, da Dior.


Uma versão da boina é o GORRO, de formato redondo, sem abas cobre as orelhas usado por crianças, idosos, homens e mulheres para proteger do frio.
Pode ser de lã, malha, tricô ou crochê e até de peles ou couro.



Existem variações nos gorros: alguns amarrados em baixo do queijo, outros chamados balaclavas cobrem o rosto e o pescoço usado por alpinistas, esquiadores, motociclistas e até assaltantes.
Curiosidade: Diz à lenda que Noé quando navegava na arca durante os dias frios e com tempestades transformou, cortando em círculos a lá das ovelhas num gorro para aquecer.
Madonna também usou no seu show em 2003 uma boina para incrementar a sua imagem.


DETALHES QUE FAZEM A DIFERENÇA 2021!



MAQUIAGEM
Observe onde você trabalha, analise o perfil da empresa e a sua função no ambiente de trabalho. Órgãos governamentais, estatais, hospitais, bancos, laboratórios, escritórios, a maquiagem deve ser a mais leve e natural possível, afinal você vai atender um publico diferenciado e sua aparência demostra sua elegância e postura.

Opte por batons mais claros, cor da boca, nudez ou similares. Sombra e delineador ou lápis discretos.

A maquiagem mais carregada é adequada para ocasiões que você vai usar o gênero de roupa, passeio completo, rigor ou gala, isso quer dizer em festas e recepções.

Sua maquiagem deve combinar com o tipo de festa e a ocasião. Mesmo com maquiagem leve use uma base do tom da sua pele para corrigir imperfeições e deixar a sua pele com aparecia impecável e linda.


Dicas:
* Mesmo na moda batons com cores fortes, caso goste lembre-se de marcar apenas um ponto: boca vermelha, olhos pintura leve, rímel, delineador e sombra de cor pastel.
* Olhos marcados, pintura caprichada, cílios postiços: boca batom claro, cor nude ou tom similares.
* Lábios grandes e grossos o indicado é o batom nude, salientar mais a pintura nos olhos
* Respeitando o nosso trabalho e o publico devemos sempre ter uma aparência saudável. Mesmo que não goste de maquiagem, usar um brilho nos lábios e um rímel nos olhos fica mais bonito que um rosto limpo e lavado. 


Maquiar todos os pontos ao mesmo tempo pode deixar uma aparência carregada. 

A regra é: o slogan muito usado... O menos é mais!... Preferível menos que mais

CASUAL, SUPER ELEGANTES, PARA USAR NO TRABALHO E EM EM OCASIOES INFORMAIS


 Tirar o look esportivo do lugar comum. Fáceis de usar e que ficam super chiques com um toque de sofisticação.
1 – Saia preta reta, evasê de qualquer modelo com casaco branco.



2 – Top de renda ou seda compondo com calça pantalona ou pantacurt 
 


3 – vestido reto clássico


4 – blusa ou camisa de seda com uma calça coringa ou caso opte por jeans o pratico jeans clássico



5 – saia envelope de qualquer tecido com top de seda


Selecionei algumas tendências que rendem looks fora do comum e para você ficar elegante sem muito esforço com soluções acessíveis. 

Invista nos acessórios!



Moda Outono Inverno 2021



Falando de tendências, a moda inverno 2021, traz muito couro, croco - pele de crocodilo, estampas, cores tradicionais e clássicas como: azul marinho, vermelho, laranja, mas o clássico desse inverno é o verde oliva. E cores com contrastes e ousadas pouco usadas juntas em anos anteriores como por exemplo: amarelo com roxo, verde com rosa, ultramarine com laranja.



A animal print continua, a zebra nunca sai de moda, para as pessoas mais discretas o chique é usá-la nos acessórios porque dão sempre uma conotação de sensualidade.
Lembrando que as cores clássicas e neutras são eternas, como: nude, castor, marrom, preto, caqui, verde musgo e os looks monocromáticos.  


Outra tendência, e que já foi muito usado são as mangas bufantes, ombreiras lembrando que para não pecar na imagem usá-la com peças mais justas na parte inferior, exemplo: saia ou calça reta.

Falando em tecido o cetim vem com tudo... nas camisas, nos vestidos e ate blazers. A dica é lembrar que o cetim marca e podemos parecer mais gordinhas do que somos. Usar com parcimônia.


Já os sapatos, as botas sempre estão em alta. O tênis branco muito prático e muito usado, como a tendência é a sola track o ideal é adquirir um tênis com a sola track. Botas estilo militar ou Mary Poppins e sapatos e sandálias com solas estilo tratorada e os Mary Jane usadas com meias.



Vamos analisar as tendências que mais serão usadas, lembrando que todo ano vem novas opções e o ideal é mesclar com o que temos.